domingo, setembro 28, 2008

GINCANA MEIO AMIENTE


A gincana aconteceu no dia 19/09. Os alunos participaram com muita determinação e garra. A Equipe vencedora foi a "Terra" do 7º ano.

quarta-feira, agosto 20, 2008

Conferência na escola


A III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente está estruturada em três etapas:


Conferência na Escola

A Conferência na Escola é um momento muito rico, pois permite à comunidade escolar (estudantes de todos os turnos, professores, professoras, funcionários e representantes da comunidade):a) conhecer e debater os subtemas propostos e suas relações com as mudanças ambientais globais; eb) reconhecer as responsabilidades individuais e coletivas quanto a esse tema, planejar ações que contribuam para transformações na qualidade de vida na escola e na comunidade e propiciar mudanças no lugar, no país e também no mundo.


Nesse momento, cada escola promoverá uma conferência envolvendo a comunidade para assumir uma responsabilidade com base no tema estudado; pensar em uma ação, de acordo com a responsabilidade, a ser realizada após o evento; indicar um delegado ou delegada entre 11 e 14 anos (e suplente); e criar um cartaz que traduza o resultado do trabalho coletivo.



Conferência Estadual (etapa opcional)As responsabilidades escolhidas na Conferência na Escola serão debatidas pelos delegados e delegadas durante a Conferência Estadual, nos estados do Brasil que optarem por realizá-la. Depois de debatidas e votadas, as responsabilidades de cada estado vão compor a Carta das Responsabilidades do Estado com propostas para o enfrentamento das mudanças ambientais globais, que serão levadas pelos delegados e delegadas escolhidos nas Estaduais à Conferência Nacional. Nos estados que não realizarem a Conferência Estadual, o Coletivo Jovem de Meio Ambiente vai selecionar as responsabilidades que irão para a


Conferência Nacional.


Conferência NacionalA III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente será realizada em Brasília de 3 a 8 de abril de 2009. A Conferência Nacional será o encontro dos cerca de 670 delegados e delegadas, entre 11 e 14 anos de idade, que já debateram os subtemas em suas escolas, e seus estados nas Conferências Estaduais. Na Conferência Nacional, esses jovens vão elaborar um documento coletivo composto por uma Carta das Responsabilidadescom as deliberações, também “traduzida” em peças de Educomunicação.

Para saber mais, conheça o Regulamento

III CONFERENCIA MEIO AMBIENTE

Conferência é um processo no qual as pessoas se reúnem, discutem os temas propostos, expondo diversos pontos de vista, deliberam coletivamente e, a partir dos debates locais, escolhem representantes que levam adiante as idéias consensuadas.

Partindo dessa estrutura, a Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) é uma campanha pedagógica que traz a dimensão política do meio ambiente, caracterizada pela mobilização e engajamento dos adolescentes e da comunidade escolar em debates sobre temas socioambientais contemporâneos. Essa ação promove o reconhecimento de responsabilidades coletivas, fornecendo subsídios para políticas públicas de educação ambiental.

Na conferência de meio ambiente nas escolas dos anos/séries finais do ensino fundamental, os participantes, principalmente os adolescentes, discutem os temas propostos, assumem responsabilidades na proporção de seu acesso à informação e ao poder, e definem ações para implementar suas idéias. Na Conferência Nacional, delegados de 11 a 14 anos de idade, de todas as unidades federativas, reúnem-se e dão visibilidade às idéias das escolas participantes no Brasil, por meio de uma Carta à sociedade.

A Conferência é uma iniciativa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental, formado pelo Departamento de Educação Ambiental (DEA) do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pela Coordenação-Geral de Educação Ambiental (CGEA) do Ministério da Educação (MEC). A primeira versão, realizada em 2003, envolveu 15.452 escolas em todo o país, mobilizando 5.658.877 pessoas em 3.461 municípios.

O processo desencadeou o Programa Vamos Cuidar do Brasil com as Escolas – MEC e contribuiu para a criação das Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vidas nas Escolas – COM-VIDAs, dos Coletivos Jovens de Meio Ambiente (CJs) e da Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade (REJUMA).

A II CNIJMA, realizada em 2005/2006, envolveu 11.475 escolas e comunidades indígenas, quilombolas, assentamentos rurais e grupos de meninos e meninas em situação de rua, mobilizando 3.801.055 pessoas em 2.865 municípios. Os temas debatidos foram Acordos Internacionais sobre Biodiversidade, Mudanças Climáticas, Segurança Alimentar e Nutricional e Diversidade Étnico-Racial.

O evento nacional reuniu 540 delegadas e delegados que elaboraram a Carta das Responsabilidades – Vamos Cuidar do Brasil, entregue pelos adolescentes ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao Ministro da Educação, Fernando Haddad, e à Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, no dia 27 de abril de 2006, em cerimônia no Palácio do Planalto. Os adolescentes apresentaram na Carta seu compromisso com a construção de uma “sociedade justa, feliz e sustentável” e com “responsabilidades e ações cheias de sonhos e necessidades”.

segunda-feira, julho 14, 2008

CRAS - MARACANAÚ - MUCUNÃ



Centro de Referência da Assistência Social de Maracanaú.

O quinto Cras do Município inaugurado no bairro, 2 de julho, às 10 horas, juntamente com a entrega à população de uma das cinco cozinhas comunitárias da Cidade.Em meio às apresentações de quadrilha e teatro, 17 pessoas do bairro receberão o certificado do Curso de Construção Civil, oferecido à comunidade.

O Cras Mucunã vai acompanhar 3 mil famílias inscritas no Bolsa-Família. O novo equipamento social da Prefeitura vai atender moradores do Cágado, Luzardo Viana, Jari, Parque Tijuca, Pau Serrado, além da Mucunã.

O atendimento aos usuários começa no dia 7 de julho.

O espaço vai oferecer serviços para concessão de benefícios eventuais e cursos nas áreas de segurança alimentar e inclusão produtiva.

Dentre os projetos já desenvolvidos no Cras, estão o Projovem Adolescente, Compra Direta Local da Agricultura Familiar e Programa Segundo Tempo, em parceria com a Secretaria de Educação do Município. (MR)
Postado por: Ascom

terça-feira, junho 10, 2008

Culminância SEMI-ÁRIDO





Nossa culminância foi no dia 29/05. Tivemos várias apresentações, no turno da manhã e tarde. Enfocamos os temas: clima, água, tipos de solos, o uso do fogo (Queimadas) e dois grupos apresentaram danças afro-brasileiras.

domingo, maio 18, 2008

Com vida

Foto: Santo Antonio do Pitaguary - Maracanaú - Ceará

O que é Com-Vida

significa Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida. Foi proposta pelos participantes da I Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente.

A Com-Vida é uma nova forma de organização na escola e se baseia na participação de estudantes, professores, funcionários, diretores, comunidade. Quem organiza a Com-Vida é o delegado ou a delegada e seu suplente da Conferência de Meio Ambiente na Escola, com o apoio de professores.

O principal papel da Com-Vida é contribuir para um dia-a-dia participativo, democrático, animado e saudável na escola, promovendo o intercâmbio entre a escola e a comunidade. Por isso, a Com-Vida chega para somar esforços com outras organizações da escola, como o Grêmio Estudantil, a Associação de Pais e Mestres e o Conselho da Escola, trazendo a Educação Ambiental para todas os espaços educativos.

sábado, maio 10, 2008

DIA DA MÃES



O Amor da mãe pode ser traduzido em uma palavra: doação.

Falar desse sentimento é entender que ele é a mais completa forma de amor

.Um amor que se doa, coloca em primeiro plano o bem-estar, a segurança de um outro ser. Impossível falar de mãe sem falar da pureza de um amor, que diante de todo o sofrimento disse Sim: Maria.

Uma mãe que, como tantas mães em nosso país,olha com lágrimas nos olhos o presente e o futuro árduo do filho.

Talvez seja por isso que a mãe Maria se expressa em cada olhar de mãe, em cada gesto de doação da mulher.

No rosto de uma mulher que assume a maternidade inteiramente,mesmo diante de tudo o que há de vir, há a presença iluminada de um lado vivo, mas esquecido por todos,homens e mulheres: O AMOR!!!!

sexta-feira, maio 09, 2008

Gremio escolar- Jovem em ação.

Dia 25/04/2008 - Eleição do Grêmio

O grêmio é uma organização sem fins lucrativos que representa o interesse dos estudantes e que tem fins cívicos, culturais, educacionais, desportivos e sociais. O grêmio é o órgão máximo de representação dos estudantes da escola. Atuando nele, você defende seus direitos e interesses e aprende ética e cidadania na prática.

Agenda 21 - Entendendo o que é...

A Agenda 21 foi um dos principais resultados da conferência Eco-92, ocorrida no Rio de Janeiro, Brasil, em 1992. É um documento que estabeleceu a importância de cada país se comprometer a refletir, global e localmente, sobre a forma pela qual governos, empresas, organizações não-governamentais e todos os setores da sociedade poderiam cooperar no estudo de soluções para os problemas sócio-ambientais.

Cada país desenvolve a sua Agenda 21 e no Brasil as discussões são coordenadas pela Comissão de Políticas de Desenvolvimento Sustentável e da Agenda 21 Nacional (CPDS). A Agenda 21 se constitui num poderoso instrumento de reconversão da sociedade industrial rumo a um novo paradigma, que exige a reinterpretação do conceito de progresso, contemplando maior harmonia e equilíbrio holístico entre o todo e as partes, promovendo a qualidade, não apenas a quantidade do crescimento.

Com a Agenda 21 criou-se um instrumento aprovado pela OMF, internacionalmente, que tornou possível repensar o planejamento. Abriu-se o caminho capaz de ajudar a construir politicamente as bases de um plano de ação e de um planejamento participativo em nível global, nacional e local, de forma gradual e negociada, tendo como meta um novo paradigma econômico e civilizatório.

As ações prioritárias da Agenda 21 brasileira são os programas de inclusão social (com o acesso de toda a população à educação, saúde e distribuição de renda), a sustentabilidade urbana e rural, a preservação dos recursos naturais e minerais e a ética política para o planejamento rumo ao desenvolvimento sustentável. Mas o mais importante ponto dessas ações prioritárias, segundo este estudo, é o planejamento de sistemas de produção e consumo sustentáveis contra a cultura do desperdício.
A Agenda 21 é um plano de ação para ser adotado global, nacional e localmente, por organizações do sistema das Nações Unidas, governos e pela sociedade civil, em todas as áreas em que a ação humana impacta o meio ambiente.

sábado, maio 03, 2008

Paisagem no entorno da escola FONTENELE


Projeto Semi-árido (selo unicef)


A região do semi-árido brasileiro está praticamente incluída no Nordeste do país. É uma das cinco Regiões geopolíticas na qual o país está dividido, e compreende nove Estados. Apenas oito deles, ao menos em parte, estão incluídos na região semi-árida: Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, além do Norte de Minas Gerais (Região Sudeste). Apenas o Maranhão, no limite com a Região Norte, que inclui a Bacia Amazônica, não está incluído no semi-árido. Essa extensão de terras áridas se extende entre os paralelos 3-17°S e 35-45°W e ocupa uma área de aproximadamente 900.000 km², cobrindo quase 8% do território nacional, uma área maior que o Texas ou que toda a Península Ibérica, incluindo Espanha e Portugal.


O clima do Nordeste é um dos mais complexos do país, devido a grande área, com diferentes fisionomias de relevo, e especialmente a associação de dois sistemas climáticos formados pelos alísios do Nordeste e Sudeste, o que propicia chuvas em diversos períodos do ano e em diferentes quantidades.


O clima varia na região, desde o súper-úmido, com chuvas de até 2000 mm/ano, até o semi-árido, com chuvas entre 300-500 mm/ano, no qual as chuvas ficam restritas a uns poucos mêses durante o ano. Desse modo, a disponibilidade de água é o fator mais determinante para a vegetação e a fauna, e até certo ponto para a exploração humana dos recursos natuais.

domingo, abril 20, 2008

Fazenda Raposo - Projeto semi-árido

Localizada no quilômetro 10 da CE-065, em Maracanaú, a Fazenda Raposa abriga 17 dos 24 tipos de palmeiras existentes no mundo, possuindo o maior número de espécies do gênero “copernicia” e o maior acervo da América Latina. Tudo isso está a disposição da Comunidade Mundial dos Cientistas numa área que compreende 147 hectares

O projeto Fazenda Raposa tem suas origens no ano de 1937, com a chegada da multinacional S.C. Johnson e Son Inc ao local. A empresa norte-americana cultivou um centro de pesquisa com palmeiras até junho de 1969.

Em 1970, o terreno onde se localizava o centro de pesquisa foi doado à Escola de Agronomia da Universidade Federal do Ceará (UFC), através de um convênio entre o Governo do Estado e a universidade. Estava criado, então, o projeto Fazenda Raposa. Os objetivos eram valorizar a coleção de “copernicia”, introduzir novas espécies de palmeiras e tentar representar, na área, os diversos ecossistemas do Estado do Ceará.

O projeto prevê espaços de uso comunitário, idealizados pelo paisagista Roberto Burle Marx. Entre eles, estão praças, quiosques, caminhos para pedestres, uma área botânica medicinal e um centro de hortícola para a produção de mudas e sementes. Entretanto, tais equipamentos nunca saíram do papel.

Depois de passar mais de 30 anos praticamente abandonada, a Fazenda Raposa finalmente se tornará uma realidade. O projeto já dispõe de recursos destinados a sua concretização através de emendas individuais apresentadas ao Orçamento da União pelo prefeito Roberto Pessoa, quando deputado federal (R$ 700 mil) e pelo também deputado federal João Alfredo .

sábado, abril 19, 2008

Uniformes novos...

Passaeta da dengue



A dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 milhões e 100 milhões de pessoas se infectem anualmente, em mais de 100 países, de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em conseqüência da dengue.

Em nosso País, as condições socioambientais favoráveis à expansão do Aedes aegypti possibilitaram o avanço da doença desde sua reintrodução, em 1976. Essa reintrodução não conseguiu ser controlada com os métodos tradicionais. Por isso, o controle proposto pelo Programa Nacional de Controle da Dengue trouxe mudanças efetivas em relação aos modelos anteriores e, hoje, o controle da transmissão do vírus da dengue se dá essencialmente no âmbito coletivo e exige um esforço de toda a sociedade.




domingo, abril 13, 2008

terça-feira, março 11, 2008

Dia da mulher na escola FONTENELE

videoDia da mulher

Dia da Mulher



Dia da Mulher na EMEIEF FRANCISCO ANTONIO FONTENELE.

A MANHÃ FOI PRESENTEADA PELA MÚSICA DO CANTOR NETO.
Fizemos uma manhã especial para as mulheres da comunidade, onde elas pintavam unhas, faziam um novo corte de cabelo e ouviam boa música. Foi uma manhã muito alegre.

domingo, fevereiro 24, 2008

Educação para a paz


Educação para a Paz Ubiratan D`Ambrosio

A humanidade está correndo grande risco. Não há paz. Os indivíduos se sentem perdidos, não vendo a razão de seu existir, as instituições sociais e políticas estão se corrompendo em ritmo acelerado, o ambiente entrou num processo de degradação que parece não ter retorno. E grupos resolvem seus conflitos com destruição e eliminação da parte rival. Alcançar um estado de PAZ INDIVIDUAL, PAZ SOCIAL, PAZ AMBIENTAL e PAZ MILITAR é a única possibilidade de sobrevivência. Educação para a PAZ deve ser a grande meta dos educadores.


Atingir o estado de PAZ INTERIOR é a prioridade. Conhecer a si próprio, ter respeito por si próprio, amar-se. O comportamento com relação a si próprio tem sido completamente ignorado nos sistemas escolares.

PRÁTICA
Meditação é, em todas as faixas etárias, uma medida muito eficaz para se chegar à paz interior.
Mas o estado de paz interior é difícil com todos os problemas que enfrentamos no dia-a-dia. E o relacionamento com o outro? Será que o outro estará tendo dificuldades em atingir o estado de Paz Interior? Muitas vezes vemos que eles estão tendo problemas que resultam de dificuldades materiais, como falta de segurança, falta de emprego, falta de salário, muitas vezes mesmo falta de casa e de comida. A solidariedade com o próximo é a primeira manifestação de nos sentirmos parte de uma sociedade. A PAZ SOCIAL será um estado em que essas situações não ocorrem.

PRÁTICA
A reflexão sobre os problemas sociais, sobre as condições do outro, sobre as injustiças e iniqüidades sociais, sobre as denúncias de corrupção, são vistas diariamente na televisão, acessível à grande maioria das crianças. À escola cabe uma análise crítica desses fatos.Um modo de conduzir essa crítica e dar aos alunos tarefas de trazer anotações, observações, reflexões sobre o noticiário e transformar a aula em uma sessão de debates. Educação para cidadania depende muito dessa prática.

Ninguém pode negar que a PAZ AMBIENTAL tem alta prioridade no futuro da humanidade. É importante lembrar que a ciência moderna nos dá instrumentais notáveis para um bom relacionamento com a natureza, mas também poderosos instrumentos de destruição dessa mesma natureza.

PRÁTICA
Também motivado pelos noticiários de televisão, mas principalmente pela pesquisa sobre o próprio ambiente, o professor pode desenvolver projetos ambientais. Não que serão assim resolvidos os problemas ambientais do momento, mas essa prática mostrará às crianças como organizar um projeto e trabalhar em cooperação com outros para atingir as metas do projeto.
Essas dimensões múltiplas da Paz: Paz Interior, Paz Social, Paz Ambiental e, naturalmente, Paz Militar, são os objetivos primeiros de qualquer sistema educacional. Atingir a paz total é a única justificativa de qualquer esforço para o avanço científico e tecnológico, e deveria ser o substrato de todo discurso político.

domingo, fevereiro 17, 2008

ALFA E BETO II


Programa Alfa e Beto
O Programa Alfa e Beto destina-se à alfabetização de crianças. Começou a ser implementado no ano de 2003, já tendo atingido mais de 100 mil crianças em mais de duas dezenas de municípios e redes estaduais e municipais de ensino.
O Programa Alfa e Beto possui as seguintes características:
Êxito comprovado. O Programa já foi implementado com êxito em dezenas de municípios em todo o país.


Metas de desempenho.

O programa estabelece metas de desempenho a serem atingidas pelos alunos, escolas e redes de ensino. O objetivo é assegurar a efetiva alfabetização das crianças.
Um programa completo. O Programa Alfa e Beto contém atividades relativas a todas as competências que integram o processo de alfabetização. Isso permite que a escola se adapte ao nível em que se encontra cada aluno. Ademais, além de alfabetizar, o Programa introduz o aluno ao mundo das letras e dos livros e desenvolve vocabulário e competências de compreensão de texto e de expressão oral.

Programa ALFA E BETO


Pedagogia e Gerenciamento. O Programa integra os aspectos pedagógicos, gerenciais e práticos. Contém orientações e instrumentos para gerenciar e implementar o programa com êxito em redes de ensino, escolas e na sala de aula.
Materiais. O Programa inclui um conjunto rico e variado de materiais para:
Alunos
Professores
Sala de Aula
Escola
Secretaria de Educação

domingo, fevereiro 03, 2008

Currículo e desenvolvimento humano


Currículo e desenvolvimento humano
2
Desenvolvimento cultural
O desenvolvimento tecnológico e o processo de globalização da informação
por meio da imagem modificaram os processos de desenvolvimento
cultural por introduzirem novas formas de mediação. As novas gerações desenvolvem-
se com diferenças importantes em relação às gerações precedentes,
por meio, por exemplo, da interação com a informática, com as imagens presentes
por meio urbano (várias formas de propaganda, como cartazes, outdoors
móveis).

O mesmo acontece com crianças nas zonas rurais com o advento da
eletricidade e da TV, ou com crianças indígenas que passaram a experienciar
o processo de escolarização e, também, em vários casos a presença de novos
instrumentos culturais como o rádio, a TV, câmeras de vídeo, fotografia, entre
outros.
O desenvolvimento do cérebro é função da cultura e dos objetos
culturais existentes em um determinado período histórico. Novos instrumentos
culturais levam a novos caminhos de desenvolvimento. O computador é um
bom exemplo: modificou as formas de lidar com informações, provocando
mudanças nos caminhos da memória. A presença de novos elementos
imagéticos e cinestésicos repercute no desenvolvimento de funções
psicológicas como a atenção e a imaginação.
Considerando, então, que o cérebro se desenvolve do diálogo entre a
biologia da espécie e a cultura, temos que, na escola, o currículo é um
fator que interfere no desenvolvimento da pessoa.
Os “conteúdos” escolhidos para o currículo irão, sem dúvida, ter
um papel importante na formação. As atividades para conduzirem
às aprendizagens, precisam estar adequadas às estratégias de
desenvolvimento próprias de cada idade. Em outras palavras, a
realização do currículo precisa mobilizar algumas funções centrais do
desenvolvimento humano, como a função simbólica, a percepção, a
memória, a atenção e a imaginação.

Dicas comunicação e estilo


Comunicação e Estilo
Volnyr Santos - Clareza: para a exposição de uma idéia clara, não podemos ter pensamentos confusos. As idéias devem ser expressas de tal modo que não deixem dúvidas quanto à interpretação.


- Harmonia: a harmonia é a música da frase. Ainda que na redação técnica o aspecto sonoro da construção seja secundário, devemos saber manejar os recursos da eufonia, a fim de construirmos frases que agradem ao ouvido

.

- Concisão: é a forma de dizer as coisas com poucas palavras, objetivamente, evitando o óbvio, circunlóquios, perífrases, adjetivações e minúcias desnecessárias.


- Precisão: as palavras têm um sentido exato. O uso de termos ou expressões que não traduzem a idéia devem ser evitados. Há uma praxe na correspondência que diz: “É preferível pecar contra a elegância a pecar contra a precisão”.


- Correção: na correspondência, a correção é o requisito essencial. No entanto, tal afirmação não implica o uso de “purismos” ou “linguagem afetada”. - Polidez: a polidez é a ausência de frases ou expressões descorteses.

segunda-feira, janeiro 21, 2008

A Festa...


Alunos e seus familiares...
Posted by Picasa

Contunuando com a festa

Nosso obrigado à Maria do Carmo por nos
prestigiar com sua presença. Aos professores que
tanto nos ajudaram neste ano de 2007...
E demais funcionários,
todos com sua colaboração. Parabéns a todos
que fazem a escola FONTENELE.
Posted by Picasa

FESTA 9º ANO

Preparando a festa. Com muito carinho organizamos a
homenagem aos formando e seus familiares...
Parabéns a todos por esta etapa em suas vidas...
Posted by Picasa