sexta-feira, novembro 30, 2007

CONSCIÊNCIA EGRA

Hoje terminamos o mês com a culminância sobre a consciência negra. Os alunos e seus professores apresentaram os trabalhos, dramatizações e danças. Tivemo também a particiação do grupo de capoeira da comunidade .

quinta-feira, novembro 08, 2007

PROJETO AMOR À VIDA.


Hoje foi iniciado as oficinas de pais multiplicadpres na escola João Magalhães, com a parceria das escolas Francisco Antonio Fontenele e Róseo Landim.



O projeto Amor à Vida é uma ação social, educativa e preventiva de sexualidade e saúde reprodutiva, promovida pelo Governo do Estado, para adolescentes de 12 a 17 anos. A coordenação é da Secretaria da Ação Social (SAS), em parceria com as secretaria da Saúde (Sesa) e da Educação Básica (Seduc), do Conselho Cearense dos Direitos da Mulher e do Fundo das Populações das Nações Unidades (FNUAP).


O projeto conta também com o apoio do Ministério da Saúde e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).


A política social estadual nos municípios executores do projeto é realizada em diversas unidades de serviços localizadas em Fortaleza e no interior, predominando aquelas em conjunto com o Programa de Apoio às Reformas Sociais para o Desenvolvimento de Crianças e Adolescentes (Proares).


Nos equipamentos sociais instalados (Centros Comunitários, Centros Integrados e de Iniciação Profissional, ABC´s etc) são desenvolvidas atividades permanentes, que visam amparar as crianças e adolescentes em seus direitos e nas suas necessidades de proteção, abrigo, recreação, esporte, cultura, lazer e iniciação profissional, com medidas preventivas e promocionais.



domingo, setembro 30, 2007

Veja meu Slide Show!

FESTA DA ÁRVORE


FLORES - VISITA DE OUTRAS SALAS NO 3º ANO TARDE

TRABALHO SOBRE A ÁRVORE - SALA DO 3º ANO TARDE PROFESSORA GRACINHA






Jornal

DIA DA ÁRVORE - TRABALHO DA TURMA DO 3º ANO - PROFESSORA MÔNICA -

Pedagogia do amor


Valéria Poletti


Num tempo em que a aparência vale mais do que a essência e a competição impera nos relacionamentos, é imprescindível falar com nossas crianças sobre companheirismo, amizade, amor.


Num tempo em que a esperança parece cada vez mais escassa, é fundamental reavivar nossa confiança em dias melhores.

Num tempo em que os valores que devem nortear a vida em sociedade são progressivamente esquecidos, é um estímulo encontrar obras como A Pedagogia do Amor, de Gabriel Chalita, escritor e professor.


Em seu livro, Chalita buscou mostrar aos pais e professores a contribuição das histórias universais para a formação de valores da nova geração, tão carente de princípios como respeito, solidariedade e idealismo.


O autor tenta fazer isso de forma lúdica, querendo, em um primeiro momento, resgatar no leitor adulto esses valores, para que, na seqüência, ele passe isso para seus alunos, seus filhos. São dez histórias da literatura universal escolhidas por Gabriel pela relevância de seus ensinamentos. O autor diz que pretende resgatar em nós, adultos, a criança que um dia já existiu. Segundo ele, “uma criança que com o passar dos anos – e de todas as exigências que vêm no seu encalço –, vai se tornando cada vez mais reclusa e esquecida dos valores nobres que dão a ela dignidade e fidelidade aos seus princípios mais básicos: ser feliz e fazer o outro feliz.”


Para o escritor, as obras de arte têm como uma de suas características a capacidade de romper a barreira do tempo e do espaço, preservando sua atualidade.


Os grandes clássicos da literatura, por exemplo, retratam em suas narrativas as grandes questões universais. Gabriel escolheu, entre esses textos mundialmente conhecidos, histórias como a do Patinho Feio, da Cinderela, de Dom Quixote, de Hércules, e textos da Bíblia, como Davi e o gigante Golias e a história do rei Salomão.

terça-feira, setembro 11, 2007

Gestão escolar




O pecado mortal da arrogância

Raúl Candeloro


A questão começou a surgir quando profissionais, geralmente mais jovens ou mulheres, escreviam reclamando de como são tratados em suas empresas. Infelizes, invariavelmente tinham sua produtividade alterada de forma negativa e, deprimidos, só conseguiam pensar em mudar de emprego (ou de chefe).

Comecei então a pesquisar. Por que tantas empresas têm sucesso por algum tempo, crescem e depois entram num período de grande turbulência?

Por que alguns gestores perdem os melhores professores da sua equipe docente? Por que algumas instituições são pegas de surpresa pela concorrência?Todas essas perguntas têm uma mesma resposta: a arrogância.


Uma pessoa arrogante tem estas características:

a) Tem uma opinião irreal das suas próprias habilidades.

b) Considera os outros inferiores (complexo de superioridade).

c) Usa a arrogância como uma forma doentia de manifestar sua própria insegurança.


O líder arrogante, por definição, acha suas próprias idéias e opiniões muito mais importantes do que as de outras pessoas. Espera dos outros nada mais do que obediência submissa e passiva. Freqüentemente, desrespeita as pessoas e não suporta idéias contrárias às suas, tratando-as de forma negativa e tachando-as de insolência, insubordinação, incompetência. Como só toleram quem se submete de forma servil, vivem rodeados de puxa-sacos. Afinal de contas, acham que são o centro do universo.

quarta-feira, agosto 15, 2007

Equipe da palestra sobre Meio Ambiente


Meio ambiente é o conjunto de forças e condições que cercam e influenciam os seres vivos e as coisas em geral. Os constituintes do meio ambiente compreendem clima, iluminação, pressão, teor de oxigênio, condições de alimentação, modo de vida em sociedade e para o homem, educação, companhia, etc.

Os fatores ambientais sem vida, tais como temperatura e luz do Sol, formam o meio ambiente abiótico. E os seres vivos ou os que recentemente deixaram de viver, tais como as algas e os alimentos, constituem o meio ambiente biótico. Tanto o meio ambiente abiótico quanto o biótico atuam um sobre o outro para formar o meio ambiente total de seres vivos e sem vida.


O meio ambiente abiótico inclui fatores como solo, água, atmosfera e radiações. É constituído de muitos objetos e forças que se influenciam entre si e influenciam a comunidade de seres vivos que os cercam. Por exemplo, a corrente de um rio pode influir na forma das pedras que jazem ao longo do fundo do rio. Mas a temperatura, limpidez da água e sua composição química também podem influenciar toda sorte de plantas e animais e sua maneira de viver. Um importante grupo de fatores ambientais abióticos constitui o que se chama de tempo.

Os seres vivos e os destituídos de vida são influenciados pela chuva, geada, neve, temperatura quente ou fria, evaporação da água, umidade (quantidade de vapor de água no ar), vento e muitas outras condições do tempo. Muitas plantas e animais morrem a cada ano por causa das condições do tempo. Os seres humanos constroem casas e usam roupas para proteger-se dos climas ásperos. Estudam o tempo para aprender a controlá-lo. Outros fatores abióticos abrangem a quantidade de espaço e de certos nutrientes (substâncias nutritivas) de que pode dispor um organismo.

Foi um sucesso a palestra.

S.O.S meio ambiente


Meio ambiente


terça-feira, agosto 14, 2007

Seminario sobre meio ambiente


Nosso patrono - FRANCISCO ANTONIO FONTENELE.


Amanhã teremos na escola um Seminário, promovido com a parceria da Secrtaria da Saúd Posto Jaçanaú agentes de saúde. A facilitadora será nossaa querida amiga Sandra. Teremos mais novidades amanhã.

10 Motivos para sorrir
SORRIA!! Hoje é mais um dia lindo para ser aproveitado!SORRIA!! Existe pessoas que amam você e sempre te querem o melhor...SORRIA!!! Você é super importante, e sem você o mundo não seria o mesmo!!SORRIA!! Esqueça os problemas... você fica lindo(a) com um sorriso!!!


SORRIA!!!! Você é privilegiado, tem comida, cama, tem um teto... e vive em um país que apesar da violência, não tem guerra!SORRIA!!!! Pois o sorriso é contagiante, vamos fazer uma


epidemia!!!!!!Não se preocupe com os obstáculos da vida, eles nos fazem crescer!!SORRIA!!!


A vida é bela, se você não acha isso, torne sua vida bela.... comece sorrindo, que tudo a sua volta mudará!!!SORRIA!!! Você tem amigos que te amam.... e um melhor amigo.... DEUS!!!!SORRIA!!!!


Mais um ano está chegando.... um ano que poderá ser o melhor ano, se você começa-lo sorrindo!!SORRIA!!!


Pois você está vivo(a).... e este é o maior motivo para sorrir.... pois a sua existência faz o mundo mais feliz!!!!!!Você já sorriu hoje?? Não?? Então o que está esperando??? Um sorriso por mais simples que seja modifica tudo a nossa volta.


Um sorriso pode alegrar um coração, restaurar amizades e até conquistar as pessoas. Mas o mais importante é que sorrindo você sentirá melhor e o seu sorriso contribui para um mundo mais feliz!!!!


domingo, agosto 12, 2007

FESTA PARA OS PAIS


NOTICIAS DE MARACANAÚ

FOTO:PROFESSORES DA EMEIEF FRANCISCO ANTONIO FONTENELE

NOTICIAS DE MARACANAÚ


O Grupo Marimbas vai representar Maracanaú na Feira da Música, que acontecerá no Centro Dragão do Mar, em Fortaleza, no próximo dia 17. O Marimbas é voltado para a música instrumental com repertório diversificado, abrangendo canções folclóricas, populares e eruditas. O principal objetivo do grupo, projeto da Fundação de Cultura do Município, é o exercício da cidadania por meio da inclusão cultural e formação para a arte musical. A apresentação será às 18 horas.


A educação municipal está em processo de avaliação com vistas aos congressos escolares, que acontecerão em todas as 84 unidades de ensino, no dia 11. Os encontros têm a finalidade de elaborar diagnósticos e propor novas ações para a Educação Infantil, Fundamental, Profissionalizante e para outras modalidades de aprendizagem. Os congressos são preparatórios à I Conferência Municipal de Educação, no próximo dia 23 de agosto, no Centro de Desenvolvimento Educacional 7 de Setembro, na Pajuçara. Essas pré-conferências irão escolher também representantes da sociedade para participar da Conferência




sábado, julho 28, 2007

EU DEPOIS DE TUDO PRONTO.


LAVANDO TUDOOOOOOOOOOO


Mural de nosso patrono

FRANCISCO ANTONIO FONTENELE

Entrada principal


Sala de Leitura


Pintando a escola


Reencontro


As aulas recomeçarão no dia 30/07 e estamos com muita alegria , coragem e dedicação para este retorno. Esperamos todos para continuarmos nosso trabalho. A escola está arrumada, limpa, toda pintada. É um trabalho que consntruímos com o coração.

sábado, abril 21, 2007

ALEGRIA


Ser Feliz é... Acordar e saber que está atrasado... ...

Mas ter certeza de que tem um emprego!

Ver a caixa do correio cheia de contas... ...

Mas receber uma carta do amigo!

Ter um monte de recados na secretária... ...

Mas no meio deles, um que diz:"Me liga, estou com saudades!

" Ver que no almoço a mãe fez salada de beterraba... ...

Mas o prato está apetitoso e é o seu preferido! Estar num engarrafamento... ...

Mas ligar o rádio e ouvir a sua música predileta tocando!

Brigar com o cachorro porque ele comeu seu sapato... ...

Mas ser recebido por ele quando você chega em casa com uma festança todos os dias!

Ser feliz é chegar em casa exausto... ...

Mas ainda assim ser arrastado pra balada por uma porção de amigos!

Enfim, ser feliz é ter um monte de problemas, mas ser capaz de sorrir com as pequenas coisas do dia-a-dia!!!

"Trabalhe como se você não precisasse do dinheiro, ame como se você nunca tivesse sido magoado, e dance como se ninguém estivesse te observando".

"O maior risco da vida é não fazer NADA"

"Que você não perca a beleza e a alegria de ver mesmo sabendo que lágrimas brotarão em seus olhos"


E EU ESTOU MUITO FELIZ EM TRABALHAR NA ESCOLA FONTENELE...

quarta-feira, fevereiro 21, 2007



“Vida e missão neste chão”

Na parte superior do Cartaz, a terra seca e rachada representa a realidade de algumas partes da Amazônia durante a estiagem e adverte que, sem o devido cuidado, toda a região pode ser destruída.


A abundante presença da água lembra que a Amazônia é uma importante reserva de água doce no planeta, além de transmitir uma sensação de transparência, força e vitalidade.


O elemento principal do Cartaz é a vitória-régia, conhecida pelos índios como “panela de espíritos”. Considerada um dos símbolos da Amazônia, essa planta é forte e tem raízes profundas que tocam o leito do rio; ao mesmo tempo, é sensível, assim como o povo nativo da região, que sobrevive com muita garra, mas precisa do apoio fraterno de toda a sociedade brasileira.


As três flores brancas e amarelas têm extrema relevância no Cartaz, uma vez que representam a Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. Essas flores lembram que a Amazônia é obra de Deus Criador e Providente entregue aos nossos cuidados.


A criança representa os índios e toda a comunidade da região, suas crenças, sonhos e esperanças. Seu olhar inocente e o sorriso sutil são um convite à superação das dificuldades e à construção de um futuro melhor para a Amazônia.


Ao mostrar o contraste entre a terra seca e a exuberância da água, o Cartaz chama a atenção para a devastação da Amazônia e o descaso com a vida. Representa a esperança de encontrar uma solução para os conflitos da região com base na solidariedade e no respeito às diferenças.

FOTO: EQUIPE QUE MINISTROU A PALESTRA SOBRE DST

Jogos para aquecer a aula


Kelly Roncato


Para você que é professor, todo o conteúdo programático é interessante, certo? Mas você também já deve ter percebido que ele fica sem graça para seus alunos e maçante para você quando não há uma preocupação em embalá-lo de maneiras diferentes a cada nova aula.


Então, solte a criatividade e comece a pensar em quantos jeitos divertidos existem de ensinar. Talvez na sua escola não existam muitos recursos, e nenhum professor possa tirar seus alunos da instituição, nem mesmo da sala de aula. Veja essa realidade como um desafio para a sua imaginação e ponha a mão na massa.ReconhecimentoObserve o ambiente. Um teto, quatro paredes, carteiras, giz e quadro-negro.

Isso lhe permite entrar na sala de mansinho enquanto todo mundo conversa e anda pela sala, mas também deixa que você use a ludicidade. A sala de uma casa também tem quatro paredes, uma porta e, possivelmente, um quadro na parede.Feche a porta e inicie o contato com um “toc, toc, toc”. Alguém abrirá. Peça licença e entre, como em uma casa. Transforme seu olhar. Se essa sala fosse de uma casa, a disposição dos móveis lhe faria crer que ela é confortável? Talvez seja interessante mudar a disposição das carteiras. Junte todas, como em um sofá de canto, com uma poltrona ao lado. Melhor! Faça com que as carteiras formem uma meia-lua. Para quebrar o gelo, comece e termine suas aulas com descontração e brincadeiras – todas pedagógicas, se você preferir.

É uma maneira de unir a turma, acalmar os ânimos, focalizar energia e tornar tudo mais leve. Além disso, os momentos lúdicos ajudam os alunos a se aproximarem de você e desenvolverem características como a liderança e a expressão oral, que ficariam em segundo plano se você só apostasse em aulas expositivas.Sendo assim, lance desafios informais, sem aquela necessidade de apresentação para toda a turma lá na frente como se eles fossem professores também. Como fazer isso? A resposta é: brincando.


Nada mais natural.

As crianças aprendem a engatinhar, andar e falar dessa maneira. Não custa muito trazer um pouquinho da necessidade que elas sentem de se divertir para dentro da sala de aula.Duvida? Aí vão algumas dicas para servirem de inspiração. A partir delas você será capaz de ter várias outras idéias. E pode ser que o toque dado para uma disciplina diferente da sua possa ser usada também por você. Por que não?
FOTO: PROFESSORA ROSANGELA
Lição de casa: uma lição para a escola


Marcelo Cunha Bueno


Muitas escolas e famílias propõem um debate bastante pertinente e que ocupa uma grande parte da rotina escolar: a lição de casa.Esse tipo de tarefa sempre foi um elemento de discórdia entre professores e estudantes e familiares e escola.

Pesa sobre ela o estigma de roubar momentos livres de brincadeiras de meninos e meninas, de obrigar pais e mães a esforçarem-se no difícil intento da educação de seus filhos e de poupar a escola de ensinar conteúdos.

Peço que façam um exercício para problematizar essa questão para além das lembranças e estigmas que a lição de casa carrega. Vamos pensar de uma outra forma, mais formativa. E quando me refiro à formação, não me limito somente a falar dos estudantes, mas de professores e de familiares ou parentes que realizam ou ajudam seus filhos a realizarem tais lições.Por que fazer a lição de casa?

A lição de casa é um instrumento fundamental para a escola e que, de forma alguma, deve deixar de existir na rotina diária dos estudantes.

É preciso deixar claro alguns pontos importantes: lição de casa não é exercício de “recognição”, ou seja, de reconhecimento; não é cópia de livro didático, de Internet, de enciclopédia; não é passatempo nem um elemento que cria obstáculos para a felicidade do final de semana; não é obstrutora da infância; não é preguiça do professor e, muito menos, atividade compensatória por falta de tempo ou castigo.

Em oposição a essas características, aponto que seu verdadeiro objetivo é a formação de um estudante, entendendo que esse vai além da escola, ou apesar dela. Estudante é aquele que associa, relaciona, produz, cria e experimenta o conhecimento de forma sensível. Aquele que, no teatro, lembra-se do livro; que, ao ler um livro, pensa no cinema; no cinema, pensa nos amigos... multiplica as suas perspectivas de aprendizagem. Lição de casa é um exercício de formação, de multiplicação de conhecimentos.

Conhecimentos estão em todas as partes. Não somente na Internet, em enciclopédias ou dicionários.

Estamos acostumados e nos sentimos seguros com as respostas exatas, prontas. Achamos que, ao escrevê-las, conseguimos captar sua intenção e, ainda, colocar o nosso entendimento. Isso não é aprender! Engana-se aquele que acha que, apenas resumindo, produziu algo. Em casa, sem a ajuda do professor – que não pode ser confundido com livros – meninos e meninas encontram-se diante de um grande desafio: não é fácil encontrar as próprias palavras!

quinta-feira, fevereiro 15, 2007


Pátio interno da escola, onde realizamos as palestras, culminâncias etc.
Palestra sobre DST.
dia-15/02/2007


Projeto Amor à vida.

A primeira palestra deste projeto, foi sobre as DST, para os alunos do 8º e 9º ano. Tivemos a parceria com o posto de Jaçanaú. A doutora Neuma com suas colaboradoras, passaram para os adolescentes e alguns pais o tema. Este projeto, será trabalhado durante todo o ano e teremos temas sempre interessantes...



Escola consciente
O dia-a-dia na escola envolve gastos de todas as ordens. São quilos de papéis, tinta para impressora, luz, água, telefone..., mas se cada pessoa colaborar, esses pequenos desperdícios juntos podem fazer uma diferença brutal no caixa. Já pensou na economia quando chegar o final do mês?Veja algumas dicas para você ajudar sua escola:

Acende / apaga
O espaço de entrada deve contar com iluminação natural. Acenda lâmpadas apenas quando for necessário. Deixe as cortinas e persianas abertas, aproveitando ao máximo a luz do Sol. Muitas vezes, isso é suficiente para clarear o ambiente. O mesmo serve para corredores. Quanto às lâmpadas, prefira as fluorescentes. Elas são até cinco vezes mais econômicas do que as incandescentes.As cores claras também ajudam na iluminação.

EquipamentosComputadores
impressoras, máquinas de xerox e outros equipamentos requerem manutenção preventiva. O uso diário deve obedecer às respectivas normas técnicas. Isso evita o desperdício de material e estragos.
Racionalidade também é importante. Para reproduzir muitas páginas de provas ou textos para leitura, utilize a fotocopiadora, cujo custo por folha é mais barato do que das impressoras jato de tinta.
Aparelhos de ar-condicionado e ventiladores devem ser colocados em locais estratégicos, de forma que a circulação do ar não seja absorvida. Para aproveitar melhor a refrigeração, as portas e janelas das salas devem permanecer fechadas.
Use a cafeteira apenas para preparar o café e opte pela garrafa térmica para mantê-lo aquecido.Para evitar curtos-circuitos, choques elétricos e perda de energia, não utilize “benjamins” e “gambiarras” nas fiações.
Durante o expedienteEconomize o material de trabalho. Use o verso das folhas para rascunho ou para imprimir o que não necessite de um papel novo. Segundo o Instituto Akau pelo consumo consciente, um milhão de pessoas que poupam 50 folhas de papel por mês poderiam salvar cerca de 10 mil árvores


Use racionalmente o telefone; fale somente o essencial. Para isso, antes da ligação, convém resumir e anotar os assuntos que serão tratados. Se possível, evite ligar para telefones celulares, pois o custo da ligação é mais alto do que de aparelhos fixos.
As possibilidades de compra pela Internet podem compensar muito. Algumas pesquisas mostram que é possível economizar até 15% com aquisição on-line de material de escritório. Procure ficar atento às promoções das lojas virtuais.
IntervaloO pessoal que trabalha com computadores deve desligar o monitor sempre que fizer intervalos e ao sair para almoçar. Se não houver ninguém na sala, apague a luz. E os professores, ao deixarem as salas de aula, devem verificar se as lâmpadas estão desligadas. No final do dia, ao sair, verifique se tudo está desligado.

Nos banheiros
Às vezes, os alunos não fecham corretamente as torneiras dos banheiros, correndo o risco de desperdiçar água durante horas. Observe também se existem vazamentos nos vasos sanitários. Manchas de mofo e umidade nas paredes são sinais nítidos desse tipo de problema. Ao notar, avise a pessoa responsável pelos serviços gerais na escola.

terça-feira, fevereiro 13, 2007


FOTO: professoras da escola EMEIEF FRANCISCO ANTONIO FONTENELE
Motivação
Prisioneiros do amanhã
José Luis Amancio
Procrastinação é o ato de adiar alguma tarefa ou atividade e é também um dos complicadores da gestão de tempo.
Muitas pessoas se tornam prisioneiras do amanhã, vivem na expectativa de um futuro que existe apenas nos seus pensamentos e esperanças, pois vão deixando as atividades do dia-a-dia para depois:
- Amanhã eu faço.
- Ainda não estou pronto.
- Ainda não é o momento certo.
Muitos esquecem que o futuro começa no passado e que o hoje é o momento mais importante entre esses dois pontos no tempo. Sem presente, não há passado; e geralmente são as ações do presente e do passado que geram o futuro.
O primeiro passo para vencer a imobilidade temporal ou a procrastinação é justamente ter a clara noção de que os eventos estão todos interligados e que somente com atividade, dedicação, disciplina e objetividade é que os resultados se apresentarão de maneira efetiva.
Veja abaixo algumas dicas para auxiliar na identificação e no gerenciamento eficaz da procrastinação:

· Faça uma lista de alguns eventos que podem estar sofrendo os efeitos da procrastinação.
· É importante fazer uma auto-análise procurando compreender quais são as razões da procrastinação:
- Medo do sucesso.
- Não saber dizer "não" e acumular muitas atividades.
- Medo de falhar.
- Falta de motivação.
- Medo do desconhecido.
- Baixa auto-estima.
- Falta de planejamento do tempo resultando no acúmulo de atividades.
- Estresse ou cansaço ocupacional.
- Sensação de injustiça.
- Excesso de perfeccionismo.
- Sensação de imobilidade física e mental.
· Estabeleça uma lista de atividades que estão sendo procrastinadas e um cronograma de como e quando elas serão realizadas.
· Eventualmente, para facilitar a conclusão de uma tarefa muito complexa ou extensa, divida-a em duas ou mais partes.
· Procure a ajuda ou a opinião de alguma pessoa que o conheça, pois assim terá um outro ponto de vista que o ajudará a ajustar seus planos e expectativas.
· Entenda que as mudanças podem demorar um pouco para acontecer, portanto, é necessário controlar a ansiedade e não desanimar caso as coisas demorem um pouco mais do que o planejado.
· Monitore o andamento da lista de atividades que estabeleceu e vá ajustando-a para refletir o seu progresso. Se for necessário, altere algumas tarefas.

Lembre-se sempre de que quando falamos em mudanças, o mais importante não é a velocidade, mas a constância e o ritmo com que são realizadas.
Boa sorte e sucesso.

segunda-feira, fevereiro 12, 2007



Esta ai sou eu com alguns alunos da escola...

http://www.fotolog.terra.com.br/lindafortce


ORAÇÃO PARA O CARNAVAL......O ISOPOR É MEU PASTORA CERVEJA NÃO MIM FALTARÁCERVEJA GELADA QUE ESTÁS NO BAR,AGUARDANDO A SEXTA FEIRA CHEGAR.VENHA A NÓS O COPO CHEIO.SEJA FEITA A NOSSA FARRA,ASSIM NA SEXTA COMO NO SÁBADO.O MÉ NOSSO DE CADA DIA NOS DAI HOJE,PERDOAI AS NOSSAS BEBEDEIRAS,ASSIM COMO NÓS PERDOAMOSA QUEM NÃO TENHA BEBIDOE NÃO NOS DEIXEI CAIR NO REFRIGERANTEE LIVRAI-NOS DA ÁGUAAMÉM.....REZE BEM DIREITIM VIU? LEILA MUNIZ.........


Um bom dia para todos...

hoje foi o retorno na escola e todos estamos esperando um ano com muitas vitórias...

terça-feira, janeiro 23, 2007