terça-feira, fevereiro 13, 2007

FOTO: professoras da escola EMEIEF FRANCISCO ANTONIO FONTENELE
Motivação
Prisioneiros do amanhã
José Luis Amancio
Procrastinação é o ato de adiar alguma tarefa ou atividade e é também um dos complicadores da gestão de tempo.
Muitas pessoas se tornam prisioneiras do amanhã, vivem na expectativa de um futuro que existe apenas nos seus pensamentos e esperanças, pois vão deixando as atividades do dia-a-dia para depois:
- Amanhã eu faço.
- Ainda não estou pronto.
- Ainda não é o momento certo.
Muitos esquecem que o futuro começa no passado e que o hoje é o momento mais importante entre esses dois pontos no tempo. Sem presente, não há passado; e geralmente são as ações do presente e do passado que geram o futuro.
O primeiro passo para vencer a imobilidade temporal ou a procrastinação é justamente ter a clara noção de que os eventos estão todos interligados e que somente com atividade, dedicação, disciplina e objetividade é que os resultados se apresentarão de maneira efetiva.
Veja abaixo algumas dicas para auxiliar na identificação e no gerenciamento eficaz da procrastinação:

· Faça uma lista de alguns eventos que podem estar sofrendo os efeitos da procrastinação.
· É importante fazer uma auto-análise procurando compreender quais são as razões da procrastinação:
- Medo do sucesso.
- Não saber dizer "não" e acumular muitas atividades.
- Medo de falhar.
- Falta de motivação.
- Medo do desconhecido.
- Baixa auto-estima.
- Falta de planejamento do tempo resultando no acúmulo de atividades.
- Estresse ou cansaço ocupacional.
- Sensação de injustiça.
- Excesso de perfeccionismo.
- Sensação de imobilidade física e mental.
· Estabeleça uma lista de atividades que estão sendo procrastinadas e um cronograma de como e quando elas serão realizadas.
· Eventualmente, para facilitar a conclusão de uma tarefa muito complexa ou extensa, divida-a em duas ou mais partes.
· Procure a ajuda ou a opinião de alguma pessoa que o conheça, pois assim terá um outro ponto de vista que o ajudará a ajustar seus planos e expectativas.
· Entenda que as mudanças podem demorar um pouco para acontecer, portanto, é necessário controlar a ansiedade e não desanimar caso as coisas demorem um pouco mais do que o planejado.
· Monitore o andamento da lista de atividades que estabeleceu e vá ajustando-a para refletir o seu progresso. Se for necessário, altere algumas tarefas.

Lembre-se sempre de que quando falamos em mudanças, o mais importante não é a velocidade, mas a constância e o ritmo com que são realizadas.
Boa sorte e sucesso.

Nenhum comentário: